notícia

Salão Off-road: equipamentos, negócios e diversão

22/06/2018

Paralelo às competições e passeios da XXV Fenajeep, os participantes do evento têm diversas outras atrações para conferir durante a Festa Nacional do Jeep, e o Salão Off-road é uma delas. O espaço instalado na parte térrea do Pavilhão de Eventos Maria Celina Vidotto Imhof, em Brusque, conta com 53 expositores, que disponibilizam os mais diferentes produtos e serviços. Desde pequenos brindes como jipes confeccionados em madeira, até acessórios e equipamentos de grande porte para os jipes de verdade.

Logo na entrada do salão, os visitantes se deparam com a loja oficial da Fenajeep, que comercializa camisetas, moletons, bonés, viseiras e toalhinhas personalizadas. Bianca Hoffmann Rezini gerencia a loja há seis anos e diz que há grande interesse do público pelo stand. “Os homens geralmente compram a camisa pólo oficial do evento e as mulheres preferem as baby looks com estampas diversas, mas de modo geral, os participantes sempre passam por aqui procurando alguma lembrança para levar”, observa Bianca.

Marcelo Maurici trabalha na loja pela primeira vez e garante se sentir orgulhoso do evento. “Sempre participei da festa como visitante e até mesmo de competições como Zequinha. Gosto muito da Fenajeep e neste ano estou tendo a oportunidade de fazer parte da equipe que está comercializando os produtos oficiais. Além de vender, é possível ter contato com pessoas de vários lugares diferentes e fazer novas amizades”, descreve Marcelo.

O casal Sérgio e Marisa Ferreira Sanches é proprietário da empresa San Marino, que produz bancos esportivos e cintos de segurança. Eles são da cidade de Jundiaí (SP) e participam do evento como expositores há 21 anos. “A Fenajeep é referência no mundo Off-road em nosso país e não poderíamos deixar de estar aqui em mais essa edição, que é tão especial. Apesar de algumas dificuldades, devido a alteração da data, nós fizemos questão de vir participar. O movimento do salão acaba não sendo igual ao de um feriadão, mas está havendo a circulação de muitos visitantes e compradores”, considera o casal.

A empresa Bardahl que fabrica óleos e aditivos para veículos também expõe desde as primeiras edições do salão Off-road e neste ano além de oferecer produtos que ajudam a prolongar a vida útil das máquinas que são as protagonistas da Fenajeep, o expositor trouxe mais um stand como novidade aos seus clientes. “Marcamos presença no evento todos os anos, porque o nosso público está aqui. Enquanto muitos dos nossos clientes têm o jipe como hobby, outros têm o jipe como instrumento de trabalho. E em qualquer uma dessas situações, nosso produto é procurado. Desta vez, fizemos uma parceria com o 4x4 Fun Automodelismo, para proporcionar um momento de diversão às pessoas que passam por nosso stand e compram alguma mercadoria”, explica o coordenador de vendas Marcelo Mônaco Ferreira.

O responsável pela 4x4 Fun Automodelismo, Lufe Schubert, revela que há seis anos começou a desenvolver circuitos para competição em escala 1:10. “No início eu fazia eventos no dia das crianças com jipes puxados pela corda e depois fui aprimorando com os jipes com controle remoto. Participo de eventos abertos e privados, em locais fechados ou em parques públicos, onde é possível montar os circuitos na terra, e dar ainda mais emoção à brincadeira. É uma atividade que chama atenção de crianças e adultos, não tem idade para participar das competições 4x4 em escala 1:10. É a primeira vez que estou participando da Fenajeep por meio de uma ação promocional da Bardahl e o stand está fazendo sucesso por aqui também”, detalha Lufe.

Isabele Filardo teve a oportunidade de conduzir um jipe com controle remoto pelo circuito em escala 1:10, e aprovou a brincadeira. “É um pouco difícil passar pelos obstáculos da pista, mas é muito legal”, destaca a menina que estava acompanhada do pai Sérgio Filardo.